Sorrisos são contagiantes - Blog de Maurício Louzada - Mauricio Louzada

Busca
Palestras Motivacionais
Palestrante Motivacional do ano (2015)
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Sorrisos são contagiantes

Publicado por Maurício Louzada em Para a Vida · 29/8/2016 10:25:00
Certa vez li que os sorrisos se propagam pelos seres humanos da mesma forma que os latidos se propagam entre os cães. Se um cachorro começa a latir, todos em volta também o farão. Mesmo um latido distante na madrugada, estimula outros cães a latirem. Você já deve ter presenciado algo parecido. É da natureza deles!

Nós, seres humanos, experimentamos algo parecido: sorrisos são contagiantes! É quase impossível receber um sorriso, sem de imediato, pelo menos esboçar um sorriso você mesmo. Neste momento, enquanto escrevo o que você está lendo, estou sorrindo para você... Agora, imagine meu sorriso aberto enquanto meus olhos miram os seus. Veja que, mesmo sem perceber, você deve ter pelo menos arqueado levemente seus lábios, na tentativa de iniciar um leve sorriso. Prova cabal de que sorrisos, mesmo os imaginários, são contagiantes. É da nossa natureza!

Os sorrisos, assim como a gentileza e o amor contrariam a lógica comum da matemática. Quando temos algum deles e o damos para alguém, não o perdemos, não subtraímos, não ficamos sem. Ao contrário – o multiplicamos. É como uma vela acesa usada para acender outra. Ela não perde seu brilho original e ainda soma mais luz ao ambiente que ilumina ao propagar seu fogo.

No nosso dia-a-dia temos a oportunidade de multiplicar sorrisos, contagiar as pessoas com nossa felicidade e gerar um ciclo positivo onde todos podem ser contagiados e ganhar com isso.

Contagiar com nossa felicidade significa criar um novo relacionamento com nossos gerentes, com nossos pares, com nossos subordinados e é claro, com nossos clientes. Precisamos estar bem com nossa equipe se quisermos estar bem com nossos clientes. Precisamos criar um clima de favorecimento mútuo, compreendendo que todos somos parte de um mesmo processo cujo objetivo final é atender nossos clientes com excelência máxima, e que para isso não mediremos esforços. Quando percebemos isso aprendemos também que não há “funções que não são nossas”. Aprendemos que servir um café para um cliente é sim função do vendedor ou do gerente da concessionária, assim como “vender” também é uma atribuição da “copeira” que, em tese, deveria apenas servir o café, afinal quantas vendas já não ocorreram logo depois de um cafezinho ser servido para um cliente potencial, não é mesmo?

Entender que todos fazemos parte de um mesmo time - com um mesmo objetivo e com o compromisso de encantar nossos clientes -  é uma forma de contagiar nossa equipe, e assim, tornar nosso ambiente de trabalho um lugar melhor para se viver.
Sorrisos, brilhos nos olhos, encantamento, dedicação, paixão – tudo isso é contagiante, mas precisa começar por alguém. Alguém que seja uma matriz capaz de multiplicar isso entre todos até atingir o coração de nossos clientes. Alguém que tenha a atitude de contrariar as expectativas negativas que insistem em tomar conta do nosso dia-a-dia e assim fazer a diferença. Se você quiser ser esta pessoa, seguem algumas dicas:

- receba seus colegas de trabalho com um sorriso no início do dia, mesmo que eles não entendam por quê.

- sorria para aquela pessoa que trabalha ao seu lado mas você não “vai muito com a cara dela e nem ela com a sua” – talvez esteja faltando apenas uma oportunidade para vocês se conhecerem melhor

- sorria quando alguém lhe pedir um auxílio para fazer algo que não é necessariamente sua função. Todos nós precisamos uns dos outros.

- sorria ao fechar um grande negócio, mas também sorria quando após apresentação de um produto, o cliente sair sem comprar nada – talvez seja o seu sorriso o diferencial que o faça voltar amanhã

- sorria para cada cliente que chegar até você, porque se ele sorrir de volta, você já tem uma grande vantagem sobre seu concorrente que atende por mera obrigação.

E ao final de um dia com sorrisos contagiantes, você vai perceber que quem mais ganhou foi você, afinal cada sorriso dado se multiplicou em um novo sorriso que voltou para você mesmo. Terá sido um dia feliz e provavelmente muito mais produtivo.
E depois de um dia assim, mesmo que seu cachorro comece a latir no meio da madrugada porque algum outro também o fez a quilômetros de distância, você irá acordar não com o mau humor característico de quem teve o sono interrompido, mas com a compreensão de que há certas coisas que são contagiantes. O sorriso é uma delas. 

Permitida a reprodução, desde que citado o autor



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal