Esperar demais pode ser um grande erro - Blog de Maurício Louzada - Mauricio Louzada

Busca
Palestras Motivacionais
Palestrante Motivacional do ano (2015)
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Esperar demais pode ser um grande erro

Publicado por Maurício Louzada em Para Você · 10/8/2015 17:49:00
Diz o ditado que a “paciência é uma virtude”. Mas ditados são perigosos e muitas vezes se contradizem. Particularmente acredito que os ditados sempre são usados da maneira mais conveniente para aquele que está falando. Quem nunca ouviu alguém dizer: “O que vale é a intenção”? Mas quem também nunca ouviu (muitas vezes da mesma boca) que “de boas intenções o inferno está cheio”?

Portanto, antes de me render à verdade que a “paciência é uma virtude”, tenho preferido acreditar que esperar demais nunca é bom. Esperar soa inanição, ficar parado, a mercê dos acontecimentos e das ações alheias. Agir é tomar as rédeas e o controle, e é muito melhor se arrepender por ter feito algo do que por não ter feito nada. É bem verdade que há momentos em que precisamos deixar a poeira baixar, mas saber o tempo certo para voltar a agir é fundamental.

Tenho ouvido muitas pessoas dizerem que irão tomar atitudes, buscar um novo emprego, mudar de área, realizar seus sonhos e “virar a mesa”. Seus olhos brilham quando falam, mas tais vontades não se transformam em ações e elas continuam exatamente como estavam há algum tempo. Tempo! Eis a palavra que faz a diferença: as grandes ações e mudanças acontecem frente à percepção de que o tempo é um recurso não renovável. Enquanto pensamos que podemos adiar indefinidamente qualquer coisa, sem nos preocupar com a passagem dos dias, meses e anos, nos colocamos na situação de “espera”. Aquela que se prolongará indefinidamente até nos convencermos que é tarde demais para realizarmos aquilo que gostaríamos.

Por outro lado, se compreendermos o tempo como um recurso limitado, nos forçaremos a  determinar metas e objetivos a serem atingidos neste futuro finito e mensurável, sob pena de vivermos uma vida que não contempla aquilo que mais almejamos. Frente a esta percepção, “esperar” é quase como jogar fora parte de nossas vidas e agir é direcionar nossas vidas para o futuro que queremos.

Em minha vida profissional, vi muitas pessoas alcançando seus sonhos por decidirem fazer aquilo que seus corações mandavam e vi outras se arrependendo de terem agido no ímpeto da emoção. E aqui cabe um pequeno e importante adendo: agir agora não significa sair “chutando o balde” e agir de forma não planejada e sem o uso da razão. Planejar também é agir, desde que exista uma verdadeira intenção em transformar o planejamento em execução - desde que haja uma real intenção de pôr em prática as ações que moldarão seu futuro, sem cair na armadilha de transformar o planejamento em desculpas para o adiamento ou não-execução.

Portanto, respire quando precisar respirar, mas não espere demais. Aja com razão, planeje suas ações e construa o seu futuro desde já, mesmo que para isso você possa parecer estar “parado” enquanto planeja uma grande ação, mas não prolongue demais esta etapa. Quando chegar o momento certo, de forma gradativa mas determinada, faça o que precisa ser feito e assuma os riscos que tiver que assumir. Sua vida é única e determinada pelo tempo que lhe resta. E essa é a grande magia da vida: o espaço de tempo que existe entre nosso nascimento e nossa partida. Um espaço chamado “oportunidade” onde viveremos intensamente nossas experiências ou passaremos todo o nosso tempo esperando por elas.  

(Permitida a reprodução, desde que citado o autor: Maurício Louzada)



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal